Seguidores

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

SANTA BÁRBARA,IANSÃ PARA OS ÍNTIMOS!









“...não tem homem que enfrente,
A  guerreira mais valente.”
Santa Bárbara,que,no sincretismo religioso da Bahia,tem por nome Iansã,é uma das santas mais procuradas e festejadas do calendário religioso.O caruru dado em sua homenagem,no dia 4 de dezembro,no Mercado das 7 Portas,em Salvador,leva cerca de 20000 mil quiabos e os festejos chegam a durar dias.Praticamente expulsa dos altares católicos,por ser tão adorada nos cultos afros,resistiu á perseguição medieval da Igreja,seus fieis nunca a abandonaram,e,sua humilde igrejinha no bairro negro da Liberdade,vive apinhada de gente,ás quartas-feiras,dia consagrado á sua devoção.
Quase nada se sabe da sua biografia;nem a data certa do seu nascimento,nem mesmo onde nasceu.Na Idade Média,teve o privilegio de estar entre os catorze santos auxiliares,para quem as pessoas recorriam nos momentos de aflição ou necessidade.Bárbara era invocada contra os raios e a morte súbita.
“Iansã comanda os ventos,e a força dos elementos,na ponta do seu florin...”
Bárbara era filha de um poderoso senhor que a fechou numa torre,durante a ausência do pai,que,impressionado por sua beleza estonteante,queria livrá-la de pretendentes inconvenientes;assim diz a lenda.A menina converteu-se ao cristianismo e,para  ficar á salvo da influencia paterna,fugiu.Capturada,foi levada á presença dos juízes,pelo próprio pai,que se tornou seu maior acusador.Quis mesmo substituir o carrasco,no momento da execução.Mas,quando a espada cortou seu lindo pescoço,um raio,vindo do nada,reduziu á cinzas o pai desumano.Desde então,ela tornou-se a senhora dos raios e do trovão,protetora contra as tempestades,naturais ou as tempestades da alma.Empunha sua espada,para livrar do mal,seus devotos,entre os quais,me encontro,e,nunca deixo de lhe oferecer um caruru,no dia 2 de dezembro,data do meu aniversario.
Santa Bárbara é também padroeira dos bombeiros e de todos aqueles,que , por profissão manejam armas de fogo.

Um comentário: